7 Melhores cidades pequenas para viver no Brasil

Morar em uma cidade pequena tem as suas vantagens. E hoje em dia, as pessoas estão se mostrando mais preocupadas com a saúde, o bem-estar e a qualidade de vida.

Na cidade pequena, o bem estar da população costuma ser maior porque as vidas são mais valorizadas: há tempo para os amigos, o trabalho e a família, os idosos são respeitados, o clima da região não prejudica você e os serviços públicos funcionam melhor.

Sim, em algumas das melhores cidades pequenas para se viver no Brasil o serviço público é efetivo. Lá o trânsito não cansa tanto, os índices de violência são baixos e a expectativa de vida é alta.

Outra vantagem da vida nessas cidades é que a integração com a comunidade é maior.Uma comunidade integrada é capaz de respeitar o próximo e eliminar graves tensões sociais.

Na cidade grande, a correria do dia a dia, a ordem de trabalho veroz, a poluição ambiental, o desrespeito e a indiferença com o outro… Tudo isso e mais um pouco gera estresses diários e adoece a população.

O assunto é tão importante que a ONU estabeleceu como responsabilidade do terceiro Objetivo do Desenvolvimento Sustentável (ODS 3) o seguinte: Assegurar uma vida saudável e promover o bem-estar para todos, em todas as idades.

Com o passar do tempo, viver na grande metrópole começou a se tornar nocivo para a saúde.

Até a mudança de temperatura influencia diretamente na saúde e, consequentemente, no bem estar de toda a população.

Consultamos o Índice de Desenvolvimento Urbano para Longevidade e separamos para você as 7 melhores cidades pequenas para viver no Brasil.

Quais as melhores cidades pequenas para viver no Brasil?

7 Melhores cidades pequenas para se viver no Brasil

 

1. São João da Boa Vista (São Paulo)

A cidade de São João da Boa Vista, em São Paulo, com uma população de 83.661 mil habitantes (Censo 2010), é conhecida pelos altos índices de longevidade, acesso aos serviços de saúde com qualidade e larga oferta de profissionais da área.

Além disso, a cidade está entre os 25 municípios de menor ocorrência de mortes por arma de fogo.

Cidade São João da Boa Vista - SP
Cidade São João da Boa Vista – SP – Divulgação/commons.wikimedia.org

2. Vinhedo (São Paulo)

O segundo lugar de destaque das cidades pequenas para viver pertence à Vinhedo, na região metropolitana de Campinas.

Habitada por 72.550 pessoas (dados de 2015), a cidade está no cenário econômico, ocupando o quinto lugar entre as cidades de maior PIB.

Vinhedo - São Paulo
Divulgação/saopaulo.sp.gov.br

3. Lins (São Paulo)

Com 75.611 habitantes, a cidade Lins, no interior paulista, oferece ótimas condições de vida aos seus moradores e, por isso, está no terceiro lugar da nossa lista!

O lugar é referência na área médica, seus centros de cirurgias são bem equipados e grande parte da população tem acesso aos planos privados de saúde.

Pequena cidade de Lins - São Paulo
Divulgação/pt.wikipedia.org

4. Fernandópolis (São Paulo)

Fernandópolis tem 67.836 habitantes e lidera o ranking de educação Firjan de Desenvolvimento Municipal.

A cidade não só é muito importante para a cena educativa, como também apresenta baixos índices de violência.

Fernandopólis - São Paulo
Divulgação/fernandopolis.sp.gov.br

5. Tupã (São Paulo)

Com 65.595 habitantes, a cidade paulista Tupã provê um ótimo serviço público aos seus cidadãos.

O SUS da cidade, por exemplo, oferece leitos a todos os solicitantes. O município conta, ainda, com um campus universitário e uma estância turística.

Cidade de Tupã - SP
Divulgação/commons.wikimedia.org

6. Votuporanga (São Paulo)

O município de Votuporanga é a casa de 90.510 pessoas e ganhou expressão pelos seus baixos índices de violência na cidade.

Por exemplo, não houve registro de homicídios usando arma de fogo nos últimos tempos.

A cidade está entre as cinco com melhor desempenho no serviço público, especificamente no fornecimento de saneamento básico.

Município de Votuporanga - SP
Município de Votuporanga – SP / Divulgação/commons.wikimedia.org

7. Lajeado (Rio Grande do Sul)
A cidade gaúcha Lajeado, com 77.761 habitantes, lidera o ranking no quesito cultura e engajamento.

Outra opção de cidade pequena com ótima qualidade de vida para os seus moradores.

Lajeado (Rio Grande do Sul)
Lajeado (Rio Grande do Sul) / Divulgação/detran.rs.gov.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *